Xapanã

xapanaXapanã

XAPANÃ= OBALUAÊ / OMULU

 

Xapanã cultuado no batuque e reflexionando com referencia ao que fazem sua similitude tais como Obaluaê é uma flexão dos termos: Oba (rei), Oluwô (senhor), Ayiê (terra), ou seja, “Rei, senhor da Terra”. Omulu também é uma flexão dos termos: Omo (filho) – Oluwô (senhor), que quer dizer “Filho e Senhor”. Obaluaê, o mais moço, é o guerreiro, caçador, lutador. Omulu o mais velho, é o sábio, o feiticeiro, guardião. Porém, ambos têm a mesma regência e influência. No cotidiano significam a mesma coisa, têm a mesma ligação e é considerada a mesa força da natureza.

Xapanã ou a sua correlação pode definir como o sol, e seu calor consideraram como o astro rei.

Ele é o regente das pestes das moléstias contagiosas, tanto como doença ou cura. É o rei das profundezas da terra. Cobre o seu rosto com filá “palha da costa”, porque fica proibido de mostrar o seu rosto para os humanos, devido à deformação feita pela sua doença de pele, e pelo respeito que se deve ao Orixá.

Xapanã esta representado na dor que sentimos, em uma queda, ou queimadura, ou pelo mau funcionamento dos órgãos, embora seja responsável pela bexiga, portanto ele rege a saúde.

Ele a Iansã são responsáveis pelos cemitérios, pois é o orixá que é o emissário de oxalá no principio ativo da morte, fazendo o encaminhamento das almas para o panteom.

Quando sentimos dores, agonias, aflição, ansiedades, perturbações nervosas e doenças mentais, suor, transpirações, com certeza ele esta presente fazendo parte do nosso dia a dia.

O Xapanã cuida também dos nosocômios, manicômio em fim a todas as casas de saúdes, é o orixá das misericórdias pelo qual podemos invocar nossa recuperação de saúde que pode significar a cura.

Mitologia;

Xapanã é filho de Nanã, que foi abandonado por ser doente e foi criado por Iemanjá sendo irmão mais velho de Ossanhã, Oxumarê e Ewá este dois últimos são cultuados pelo Jeje. Normalmente se faz os Eboris nas casas de religião para trazer saúde para o corpo adoentado.

Este orixá e conhecido e temido pela sua fúria e vingança contra malfeitores. Responde juntamente com Iansã e Xangô nas desencarnações.

Jubetei; adjuntos com Oiá ou Obá;

Belujá; adjuntos com Iansã ou Oxum Olobá;

Sapata; adjuntos com Iansã ou Obá.

Animais; quatro pés; cabrito branco e preto.

Aves; meio quatro pés; angolistas machos e galos carijó/pretos e brancos.

Número; sete (07) ou múltiplos.

Cor; vermelho e preto.

Dia; quarta-feira.

Guias; vermelhas e preta; usamos de duas em duas contas

Saudação,     Abao!

Oferendas; Pipoca, feijão torrado e amendoim torrado.

Fermentas; Xaxará, vassoura, cachimbo, armas de fogo, favas, búzios e moedas.

Ervas; hera erva de passarinho, manjericão roxo, camomila, babosa

Frutas; manga, mamão, caju, sapoti, jaca, jabuticaba, graviola, avelã, uva preta, amendoim, café, ameixa e banana de todos os tipos.

opteOpte para Xapanã, batatinha cozida e amassada com epô e carvão moido.

 

Sicritismo; Xapanã é São Roques.

xapana1Inicio das terras de Xapanã na Nigéria

xapana2Catatumba do primeiro Xapanã esta localizado na Nigéria continente africano.